MADEIRAS NATIVAS

A madeira nativa é considerada um material encantador e nobre por seu aspecto único e pela grande diversidade de cores, espécies e acabamentos.

Slider
Muitos consumidores desconhecem a diferença entre madeira legalizada e certificada. Para a construção ou reforma da casa, há quem busque no mercado a madeira legal como garantia de produto ecológica e ambientalmente correto. No entanto, somente a certificação assegura a extração por meio do manejo florestal.
Madeiras nativas de origem legal são madeiras de espécies nativas que provêm do corte autorizado pelo órgão ambiental competente e que possuam o documento de licença de transporte e armazenamento (DOF, GF, GCA ou afins), acompanhada da Nota Fiscal correspondente.

Enquanto o produto legalizado é proveniente de desmatamento, o certificado garante manejo florestal, ou seja, conserva a floresta, respeita os trabalhadores e as comunidades locais e assegura o pagamento de impostos.

Madeiras de origem legal, homologadas pelos órgãos ambientais.

<- Arraste para os lados ->

AMESCLA

Trattinnickia Burserifolia Mart.

Família

Burseraceae

Densidade

520 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

2520 N

Finalidade

- Estruturas da construção civil
- Mobiliário estândar e partes internas de móveis
- Chapas compensadas
- Embalagens
- Lâminas decorativas
- Artigos de esportes e brinquedos

ANGELIM AMARGOSO

Vatairea sp.

Família

Leguminosae

Densidade

936 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

6816 N

Finalidade

- Estruturas da construção civil
- Ripas, caibros e vigas
- Decorações de mobiliário
- Adornos e lâminas decorativas
- Embalagens
- Embarcações
- Cabos de ferramentas

ANGELIM PEDRA

Hymenolobium petraeum Ducke

Família

Leguminosae

Densidade

710 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

5050 N

Finalidade

- Construção civil
- Esquadrias e decorações
- Estruturas de uso temporário
- Mobiliário estândar
- Lâminas decorativas
- Cabos para cutelaria

ANGELIM SAIA

Parkia sp. Parkia pendula (Willd.) Benth. ex Walp.

Família

Leguminosae

Densidade

390 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

4207 N

Finalidade

- Construção civil leve interna
- Chapas compensadas
- Lâminas de utilidade geral
- Embalagens
- Artigos de esporte e brinquedos

CAMBARÁ

Qualea paraensis Ducke.

Família

Vochysiaceae

Densidade

640 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

3864 N

Finalidade

- Construção civil
- Vigas
- Vigotas
- Caibros
- Tábuas

CEDRO AMAZONENSE

Cedrelinga cateniformis Ducke

Família

Leguminosae

Densidade

520 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

3570 N

Finalidade

- Estruturas da construção civil
- Forros e similares
- Revestimento de móveis decorativos
- Tanoaria
- Montantes de escadas singelas ou extensíveis

CEDRO ROSA

Cadrela odorata L.

Família

Meliaceae

Densidade

530 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

3138 N

Finalidade

- Estruturas da construção civil
- Painéis, molduras e forros
- Mobiliário fino e decorativo
- Chapas compensadas
- Embalagens
- Decoração e adorno
- Instrumentos Musicais

CEREJEIRA

Torresea acreana

Família

Leguminosae

Densidade

600 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

3325 N

Finalidade

- Portas, forros e painéis
- Mobiliário decorativo
- Tanoaria
- Lâminas e objetos decorativos
- Embarcações
- Cabos para cutelaria

CORAÇÃO DE NEGRO

Poecilanthe parviflora Benth

Família

Fabaceae

Densidade

990 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

11993 N

Finalidade

- Construção civil
- Carvão
- Resina

CUMARU

Dipteryx sp

Família

Leguminosae

Densidade

1090 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

9787 N

Finalidade

- Estruturas da construção civil
- Batentes, forros e assoalhos
- Mobiliário decorativo
- Cabos de ferramentas
- Transportes e embarcações

CUMARU ROSA

Dipteryx sp

Família

Leguminosae

Densidade

1090 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

9787 N

Finalidade

- Estruturas da construção civil
- Batentes, forros e assoalhos
- Mobiliário decorativo
- Cabos de ferramentas
- Transportes e embarcações

CUPIÚBA

Goupia globra Aubl

Família

Goupiaceae

Densidade

870 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

6266 N

Finalidade

- Estruturas da construção civil
- Vigas e caibros
- Ripas
- Transportes e embarcações
- Embalagens
- Cabos de ferramentas

FREIJÓ

Cordia goeldiana Huber

Família

Boraginaceae

Densidade

590 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

3932 N

Finalidade

- Esquadrias, forros e ripas
- Mobiliário fino e decorativo
- Montantes e degraus de escadas singelas ou extensíveis
- Artigos de esporte e brinquedos
- Instrumentos musicais

GARAPEIRA

Apuleia leiocarpa (J. Vogel) J. F. Maebr. Apuleia sp.

Família

Fabaceae

Densidade

830 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

7257 N

Finalidade

- Construção civil
- Mobiliário
- Cabos de ferramentas
- Transportes

GUANANDI

Colophyllum brasiliense Cambess

Família

Guttiferae

Densidade

620 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

4060 N

Finalidade

- Estruturas da construção civil
- Forros e similares
- Revestimento de móveis decorativos
- Tanoaria
- Montantes de escadas singelas ou extensíveis

IPÊ AMARELO

Tabebuia sp. Handroanthus serratifolius (Vahl) S.Grose.

Família

Bignoniaceae

Densidade

1010 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

10807 N

Finalidade

- Estruturas da construção civil
- Edificações pesadas
- Assoalhos
- Decorações de móveis
- Artigos de esporte e brinquedos
- Cabos de ferramentas
- Peças torneadas
- Instrumentos musicais

IPÊ ROXO

Tabebuia sp. Handroanthus impetiginosus (Mart. Ex. DC.) Mattos.

Família

Bignoniaceae

Densidade

1010 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

10807 N

Finalidade

- Estruturas da construção civil
- Edificações pesadas
- Assoalhos
- Decorações de móveis
- Artigos de esporte e brinquedos
- Cabos de ferramentas
- Peças torneadas
- Instrumentos musicais

ITAÚBA

Mezilaurus itauba (Meisn.) Taub. ex Mez.

Família

Lauraceae

Densidade

960 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

6433 N

Finalidade

- Estruturas da construção civil
- Vigas e caibros
- Batentes e janelas
- Assoalhos
- Mobiliário estândar e partes internas de móveis
- Implementos agrícolas
- Transportes e embarcações
- Peças torneadas

JAGUARANA

Pithecellobium sp.

Família

Fabaceae

Densidade

750 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

5168 N

Finalidade

- Caixotaria
- Tetos
- Revestimentos
- Cabos

JATOBÁ

Hymenaea sp

Família

Fabaceae

Densidade

960 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

11180 N

Finalidade

- Estruturas da construção civil
- Estruturas decorativas
- Batentes e forros
- Assoalhos
- Mobiliário fino
- Cabos de ferramentas
- Peças torneadas

JEQUITIBÁ CARVÃO

Cariniana sp

Família

Lecythidaceae

Densidade

680 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

4315 N

Finalidade

- Construção
- Arborização urbana
- Paisagismo
- Assoalhos
- Decorações de móveis

JEQUITIBÁ ROSA

Cariniana sp.

Família

Lecythidaceae

Densidade

680 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

4315 N

Finalidade

- Construção civil
- Celulose
- Arborização urbana
- Paisagismo

MAÇARANDUBA

Manilkara sp

Família

Sapotaceae

Densidade

1000 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

9611 N

Finalidade

- Estruturas da construção civil
- Assoalhos
- Decorações de móveis
- Lâminas
- Peças torneadas
- Instrumentos musicais

MARIA PRETA

Qualea sp

Família

Vochysiaceae

Densidade

650 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

3864 N

Finalidade

- Construção civil
- Caixas
- Carroçarias
- Pisos
- Móveis finos
- Chapas ou lâminas decorativas
- Cabos de ferramentas

MARUPÁ

Simarouba amara Aubl.

Família

Simaroubaceae

Densidade

440 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

1206 N

Finalidade

- Estruturas utilitárias
- Mobiliário estândar
- Molduras e lâminas decorativas
- Palitos
- Embalagens
- Calçados
- Instrumentos

MUIRACATIARA

Astronium lecointei Ducke.

Família

Anacardiaceae

Densidade

970 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

7737 N

Finalidade

- Estruturas da construção civil
- Vigas, caibros e forros
- Batentes e janelas
- Assoalhos
- Mobiliário decorativo
- Lâminas decorativas
- Embarcações
- Peças torneadas
- Cabos para cutelaria

PARIRI

Pouteria sp

Família

Sapotaceae

Densidade

920 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

4315 N

Finalidade

- Construção civil
- Vigas
- Vigotas
- Caibros

ROXINHO

Peltogyne sp. Peltogyne paniculata Benth. Peltogyne lecointei Ducke

Família

Leguminosae

Densidade

890 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

9728 N

Finalidade

- Construção civil
- Assoalho
- Mobiliário decorativo
- Embarcações e transportes
- Cabos de ferramentas e cutelaria
- Peças torneadas

SUCUPIRA

Bowdichia sp

Família

Fabaceae

Densidade

940 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

9542 N

Finalidade

- Estruturas da construção civil
- Batentes e janelas
- Vigas e caibros
- Assoalhos
- Mobiliário Decorativo
- Lâminas decorativas
- Peças torneadas
- Embarcações
- Cabos de ferramentas e para cutelaria

SUCUPIRA AMARELA

Bowdichia sp

Família

Fabaceae

Densidade

990 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

9042 N

Finalidade

- Estruturas da construção civil
- Esquadrias e peças decorativas
- Assoalhos
- Mobiliário decorativo
- Peças torneadas
- Embarcações
- Cabos de ferramentas e para cutelaria

TAUARÍ BRANCO

Couratari sp

Família

Lecythidaceae

Densidade

610 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

3727 N

Finalidade

- Estruturas da construção civil
- Portas e janelas
- Mobiliário estândar, estruturas e partes internas de móveis
- Lâminas de chapas compensadas
- Embalagens
- Peças encurvadas ou curvas

TAUARÍ CHAMPANHE

Couratari sp

Família

Lecythidaceae

Densidade

750 kg/m³ aparente a 15% de umidade

Janka/Dureza

5168 N

Finalidade

- Estruturas da construção civil
- Portas e janelas
- Mobiliário estândar, estruturas e partes internas de móveis
- Lâminas e chapas compensadas
- Embalagens
- Decoração e adorno
- Instrumentos musicais
- Artigos de esporte e brinquedos

previous arrow
next arrow
Slider